Inscreva-se !

Coloque seu e-mail aqui!:

Entregue por:FeedBurner/Cidadão Araçatuba

24 de set de 2011

Seu Coração não é de ferro!




Como anda seu coração?

Devo esclarecer que a pergunta não se refere ao coração vermelhinho, aquele que pulsa nos desenhos animados, se apaixona, que ama, que é desenhado pelos namorados em todos os lugares, ou ainda, aquele que sente as tristezas e as alegrias da nossa alma.

Falo do músculo que mantém toda a sua parte circulatória, do orgão que bombeia infinita vezes seu sangue nas veias, fazendo circular em nossas veias e artérias a vida. 
Não sabe como ele anda?  
Saiba de uma coisa; 
- Ele não é de ferro!
Necessitamos ter mais tempo o tempo todo, mas como podemos equacionar isso? 


Nosso corpo é uma máquina, e como tal, sofre diariamente desgaste, em alguns menos, em outros mais. Essa pressa desses tempos modernos, nos leva a comer mal e rápido, dormir pouco e mal, consumir todo tipo de comida gordurosa, pois é a mais acessível, mais fácil de ser consumida, e na maioria das vezes, mais calórica, embalada "guela" abaixo por refrigerantes, ou sucos artificiais, essa combinação é conhecida como fast-food, e alguns de nós não satisfeitos, ainda ingerem deliciosas guloseimas, com muito, mas muito açúcar mesmo!

O número de pessoas obesas  tem aumentado significativamente ano após ano no Brasil, fruto desse consumismo/imediatismo desenfreado que nos leva cada vez mais ao regime da pressa.


Comer demais, principalmente alimentos gordurosos, beber demais, e exceder-se nas tarefas diárias,  podem comprometer nosso sistema cardiovascular de maneira irreversível.

Imaginávamos há alguns anos, que apenas os mais obesos seriam prejudicados na sua condição cardíaca face ao excesso de peso, hoje, porém, sabemos que os considerados “magros pela aparência", também podem estar sobrecarregando seu sistema cardiovascular, bastando para isso, que não incluam no seu dia a dia uma alimentação balanceada, e uma prática regular de exercícios físicos.

Sem falar dos vícios, (cigarro bebida e fumo), que nos prejudicam e muito, aliado ainda a carga genética, que em alguns casos, funciona como uma bomba relógio, e de uma hora para outra, ela explode.

Pressão alta, diabetes, colesterol, triglicerideos sem controle, estresse alto, sedentarismo, excesso de peso, são os verdadeiros vilões dos tempos modernos, e caminham juntos conosco, ou melhor, dentro de nós, roubando a nossa saúde e também a nossa vitalidade.

Como controlar?

A resposta é fácil, inicialmente devemos procurar um profissional de saúde, de preferência um médico cardiologista, pois ele tem condições de após uma avaliação preliminar do paciente, e de posse dos exames solicitados (sangue, urina, etc...) em mãos, medicar, orientar pequenos cuidados que podem melhorar a nossa qualidade de vida. 


Devemos reconhecer que somos parte imprescindível nesse processo, e de nós, será requerida boa vontade, dedicação para cuidar dessa máquina perfeita que é conhecida como corpo humano. Agora se nada estiver errado, ótimo, ponto para você!

Para nos ajudar a entender um pouco sobre isso, convidei um médico, que além da formação em clinica geral, é um especialista em cardiologia, o Dr. Flávio Roberto Salatino, que gentilmente colocou-se a disposição para responder algumas perguntas para que possamos entender um pouco sobre como podemos nos ajudar, e melhorar a nossa qualidade de vida.

Dr. Flávio Roberto primeiramente agradeço a gentileza de colocar-se a disposição para responder essas perguntas, e começo perguntando:


1.    Qual a idade ideal para se iniciar um controle mais “apurado” da nossa saúde cardiovascular?

R: Independente do sexo, a partir dos 30 anos.


2.    Com que frequência devemos medir a pressão arterial?
R: Para os não hipertensos, uma vez por mês; aos hipertensos, semanalmente.

3.    Na sua opinião, quais seriam os fatores de risco existentes hoje, que são altamente lesivos à nossa saúde cardiovascular?
R: Hipertensão arterial (pressao alta), tabagismo (cigarro), dislipidemia (colesterol ou triglicerideos altos), diabetes mellitus (açucar no sangue), sedentarismo, obesidade e história familiar para doenças cardiacas.

4.    Podemos entender saúde do coração igual a saúde das veias e artérias? Seria uma coisa só?
R: Quando falamos em prevenção cardiovascular, nos referimos a coração e vasos (arterias e veias), pois dizem respeito a um único sistema de cujos prejuizos se interrelacionam.

5.    A hereditariedade realmente é um fator de risco? A pessoa que sempre se cuidou (faz exercícios regulares, cuida da alimentação, visita regularmente o cardiologista) necessita de maior atenção em virtude do fator hereditariedade?.
R: Sim, a historia familiar para doenças cardiovasculares aumenta o risco para o individuo ter complicações futuras. Não podemos colocar os fatores de risco em uma escala de graduação, ou seja, não existe aquele com maior ou menor importancia; sendo assim todos devemos nos cuidar sempre.

6.    Quais seriam as outras doenças que podem prejudicar nossa saúde cardiovascular?
 R: Alterações da tireoide (hiper ou hipotiroidismo), estresse de uma maneira geral (depressão, ansiedade), doenças de outros orgaos, como rins, pulmões, figado, assim como o consumo de drogas ilicitas e licitas ( alcool, cigarro)

7.    Há diferenças no aparecimento das doenças cardiovasculares entre os sexos? Quem está mais propenso ao desenvolvimento de um possível problema cardíaco?
R: A diferença entre os sexos existe: no homem é mais prevalente até os 45 anos e na mulher a partir daí, principalmente com a chegada da menopausa que traz uma serie de mudanças hormonais.

8.    O que hoje a ciência tem como mito sobre doenças cardiovasculares e quais os mitos que ela consegui provar cientificamente?
R: Uma das descobertas mais fascinantes, ao meu ver, é a formação da placa de ateroma (gordura) nas aterias; sempre se observou sua existencia, principalmente nas necropsias desde muito tempo, porem hoje sabe-se que sua formação começa já na vida uterina, antes mesmo do nascimento, principalmente por fatores geneticos e hereditarios, como já citados.

9.    Finalizando, qual (is) o (s) conselho (s) que pela sua experiência clínica de muitos anos, seria (m) útil (eis) para evitar um dano grave ao aparelho cardíaco?
R: Hoje a procura pelo cardiologista na parte preventiva tem aumentado muito, o que é um grande avanço; porém, as pessoas tem que se conscientizar que ir ao médico não anula os fatores de risco, mas sim a decisão de colocar em pratica as mudanças de estilo de vida, como parar de fumar, fazer exercicios, tomar as medicações corretamente quando indicadas e transformar os habitos alimentares em uma rotina saudavel e agradavel.

10. Caso deseje, fique a vontade para traçar alguns comentários que entender necessário.
R: Fica a dica para uma vida saudavel: evite alimentos gordurosos, diminua o consumo  excessivo de carbohidratos (massas, doces e refrigerantes), aumente o consumo de frutas e verduras, diminua a quantidade de bebiba alcoolica consumida e pratique atividade fisica regularmente.


Agradeço o Dr. Flávio Roberto Salatino pelas dicas, e pela gentileza de ter participado nesse post.


Portanto pessoal depois dessas informações valiosíssimas, temos que nos educar e procurar cuidar dessa máquina perfeita que é o corpo humano, afinal mais do que viver muitos anos, é vivê-los com com qualidade!



8 comentários:

HAMILTON BRITO... disse...

Além de todas as recomendações citadas sabe-se que o melhor exercício para manter " em dia" o sistema cardiovascular é fazer sexo, muito sexo. Verdade.
Parabéns pelo oportuno artigo.
-

Samanta Sammy disse...

Olá meu querido amigo !!

Maravilhosa a postagem, muito interessante e relevante, adorei !
Eu fiz meus primeiros exames ano passado e pretendo voltar este ano, meu coração está bem, creio que devido aos exercícios físicos,, mas preciso mudar minha alimentação urgente !
Não me alimento bem, não como frutas, nem legumes, nem verduras.... pode isso ? Não gosto, mas de uns tempos pra cá estou em esforçando, mesmo que seja feito remédio, comer sem gostar rsrs
Precisamos ter mais a consciência de que não somos eternos e de que podemos adoecer e só quem já adoeceu sabe como é ruim ficar impossibilitado de fazer certas atividades e o pior é quando sabemos que foi por nosso descuido...
Ótimas as dicas compartilhadas !

Um enorme abraço e boa semana !!

Atena disse...

Paulo:
Parabéns pelo post de "utilidade pública". Faço votos que gente jovem o leia, pois eu somente comecei a cuidar de minha saúde quando o mal já estava feito. Ainda por cima, o fator genético não me ajudou: embora nunca tenha comido muita gordura, meu colesterol tem tendência a aumentar se não tomar a medicação. Aff! O cardiologista disse que é o meu metabolismo que é assim.
Grande abraço

Cidadão Araçatuba disse...

Grande Zé! Faz bem para o coração, e alia exercício ao prazer, é isso? Rs...
Obrigado, e grande abraço!

Cidadão Araçatuba disse...

Olá Samanta, prazer em vê-la por aqui!
É temos que nos educar, se quisermos preservar a nossa máquina íntegra. O Dr. Flávio foi muito solícito e de forma simples, conseguiu sintetizar ótimas dicas para que possamos cuidar da nossa máquina, e sabendo isso, ganhamos todos, não é?

Grande Abraço e ótima semana também!

Cidadão Araçatuba disse...

Atena, vamos dar ás mãos? Rs...
Tenho o mesmo problema...
Só que eu gosto de um embutido, queijo amarelo, manteiga e etc... Depois de um "pequeno" susto há uns quatro anos, tomei um "pito" do médico e estou andando na linha, porém... O que está feito, feito está!
Obrigado pela visita, e grande abraço!

Yolanda Hollaender disse...

Amigo Paulo, ótima postagem com a participação de um profissional da área de saúde!
Um bom alerta aos que maltratam o coração, pensando que nada acontecerá. A prevenção é o melhor caminho.
Meu forte abraço,
Yolanda

Cidadão Araçatuba disse...

Olá Yolanda tudo bem?
É legal quando as pessoas se dispõem a participar e colaborar não é? O Dr.Flávio é gente boa. Obrigado pela visita e participação!

Grande Abraço!

Postar um comentário

Comente, discuta, reflita, sua opinião é muito importante!.

Blogueiros unidos participam e divulgam!

Blogueiros do Brasil
Cia dos Blogueiros

Clique, conheça nossa história.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores diHITT

Seguidores

Leve o Cidadão com você!


Total de visualizações desta página.

Plágio é crime! Quer copiar? Não custa nada pedir, obrigado!

IBSN: Internet Blog Serial Number 21-08-1966-11