Inscreva-se !

Coloque seu e-mail aqui!:

Entregue por:FeedBurner/Cidadão Araçatuba

23 de abr de 2011

Meditar é preciso ! - parte 2


Imagem retirada da internet do site-http://www.fabiosaba.com.br/2011/02/20/lobo-em-pele-de-cordeiro/

Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores. Mat. Cap.7 versículo 15.
È engraçado como as coisas acontecem, essa semana pensava em um assunto totalmente diferente deste  para postar, quando hoje ( 20/04) resolvi abrir o meu Orkut.

Vi tantos scraps,(obrigado pessoal!)  desses que trazem mensagens pré-formatadas fazendo menção ao amor de Cristo, desejando boa semana,bom final de semana, boa páscoa, e tudo isso me fez mudar de idéia, e resolvi fazer um pequeno e singelo ensaio sobre a religiosidade.

Na nossa sociedade, alguns ainda conservam a velha idéia de que futebol, religião e política não se discutem. Discute-se sim, só o futebol que não, pois no meu caso não dou importância alguma ao tema, tanto faz para mim, quem ganha ou perde como já disse anteriormente torço pela EDUCAÇÃO.

Já os outros dois são extremamente importantes, e nas sociedades mais avançadas fala-se e muito sobre eles. Tanto que quem lê jornais, ou assiste a televisão vê com freqüência o que os extremistas religiosos e seus pares contrários aprontam pelo mundo.

Páscoa, amor, Jesus, renascimento!


Na nossa sociedade, ainda persiste a idéia de que tudo que é sagrado,é intocável quando se trata de religião. A Bíblia, os Santos, os Religiosos, tudo.
O simples fato de você pensar diferente da maioria já é condenado nos “bastidores”.
-Acho que Fulano é ateu!
-Ah...será?
-Ouvi dizer que é!
-Nossa, coitado!

Fulano é “crente”! Siclano é umbandista! Inventamos várias denominações ás pessoas que não pensam como nós, ás vezes praticamos a intolerância, deixando de discutir (no bom sentido) com pessoas que pensam "diferente", que participam de outra esfera de religiosidade, de crença melhor dizendo, pois até ai, os religiosos não conseguiram se acertar, criando inúmeras denominações conseguiram separar as pessoas , formando verdadeiros exércitos de Cristo, mas que de alguma forma combatem entre sí. algumas consideradas religiões, outras seitas. 
25-Jesus, porém, conhecendo os seus pensamentos, disse-lhes: Todo o reino dividido contra si mesmo é devastado; e toda a cidade, ou casa, dividida contra si mesma não subsistirá.

26-E, se Satanás expulsa a Satanás, está dividido contra si mesmo; como subsistirá, pois, o seu reino?
27-E, se eu expulso os demônios por Belzebu, por quem os expulsam então vossos filhos?  28-Portanto, eles mesmos serão os vossos juízes.Mas, se eu expulso os demônios pelo Espírito de Deus, logo é chegado a vós o reino de Deus.
29-Ou, como pode alguém entrar em casa do homem valente, e furtar os seus bens, se primeiro não maniatar o valente, saqueando então a sua casa?
30-Quem não é comigo é contra mim; e quem comigo não ajunta, espalha. Mat.Cap. 12 
O ser humano nasce livre, o pecado condena! Errado! O ser humano nasce livre! Correto! A religião o condena!
 
O que é o pecado? Se você estudar a bíblia, ela elenca dez coisas (mandamentos) que você não pode praticar de jeito nenhum e outros tantos "conselhos" ao longo da narrativa, vão ficando implícitos, quando não, são explicitamente ditos por Jesus.

Ainda segundo a Bíblia, em Gênesis,(3:12) fica subentendido que algum tempo após a criação, Deus "inconscientemente" deu uma “coisinha” a todos nós que se chama de livre arbítrio.  Pois vejamos; Adão teve a escolha, poderia não ter "comido a maça", mas ainda assim (sabendo que era errado), o fez. 
-Deus para o ser humano:
-Olha, você pode fazer o que quiser, por isso lhe dei o livre arbítrio, porém, se você não fizer como eu digo você vai se ferrar!
-Ser humano para Deus:-Tenho outra escolha?
-Deus:
-Tem, abra mão do Livre arbítrio!
-Ser humano:
-Mas senhor é isso que me diferenciará das demais criaturas, a possibilidadee de fazer diferente!
-Deus:
Você quem sabe, mas liga não, você se você não ERRAR muito, e se conseguir viver o tempo certo para se converter abrindo mão das suas escolhas, eu posso te perdoar! Basicamente é isso! Concorda ?
-Ser humano:
-Ah bom então tá!

Teatralizei um pouco, mas em suma é isso, quem já leu a Bíblia imagino que tenha uma visão próxima a isso. Mas quem leu! Quem acredita em tudo o que ouve nos sermões dominicais, com certeza pensa diferente!
Algum tempo atrás, em um canal cristão, muito conhecido por sinal um "professor" dizendo que aqueles cristãos não deveriam assistir a um determinado filme, deveriam portanto boicotá-lo! Pois aquilo prejudicaria a imagem do Cristão junto a Deus e a Igreja.

Quando o nobre professor diz; boicotem, ao meu ver ele erra, o correto seria dizer; assistam e tirem as suas próprias conclusões, esquisito né?

Eu ri! Parece coisa da idade média! Recomendo para quem realmente se interessa o filme: 
O Nome da rosa, de Umberto Eco assistam, e vejam como a mesma Igreja que condenava a iluminação impulsionada pelo saber, pelo conhecimento, devorava livros, mantendo-os longe dos seus seguidores.


Deus é amor, respeito, tudo de bom! Concordo.
Mas você já se permitiu, veja eu disse; permitiu pensar diferente, questionar nossa existência? Questionar a Bíblia? Questionar o padrão que eu descrevo acima?

A ciência evolui a passos largos desenvolve medicamentos, curas, tratamentos, e vem aumentando a vida do ser humano.

Vivemos mais, com melhor qualidade de vida. As informações são disponibilizadas a todo tempo, afirmando que a teoria evolucionista é apresentada como única opção lógica e racional disponível.

Ora, se isso ficar provado, toda a religiosidade deixa de existir, pois Darwin diz que somos todos frutos de uma evolução, e que portanto, Adão e Eva (se existiram!) apareceram por meio dessa evolução e não pela criação Divina!

Como podemos conceber isso, se desde pequenos muitos de nós já crescem com a idéia do peso do pecado nas costas? Já nascemos pecadores, o batizo nos libertará de todo mal!

Sendo um ensaio, tenho a obrigação de analisar as coisas pelos dois lados, portanto,existem situações que a ciência não explica!

Como um moribundo, pode não responder aos medicamentos, estar condenado pela medicina á morte, e em função da religiosidade da família,da fé, ele simplesmente melhora?

Fica curado, isso a ciência ainda não explica, pois ela é lógica, é experimento, comprovação de causa e efeito, e a Fé não tem lógica, ela é sentimental, emocional. Muito embora, vários cientistas estudam a alteração nos hormônios que a Fé provoca no cérebro.

Por outro lado, pessoas com muita fé, imbuídas de muito amor e bondade no coração, falecem deixando tanta coisa por fazer? Mistérios da fé!

Não tenho a pretensão de ensinar, modificar, transgredir crenças e ou valores éticos/morais/religiosos, neste singelo ensaio, acredito que o pensar deve fazer parte das nossas ações, orientar nossos passos, pois todos, sem exceção, em algum momento da vida já devem ter se perguntado; o que faço aqui?

Porque as coisas são como são? Como pode alguém entrar em uma escola e matar 12 pessoas sem motivo?

É o diabo?

Então, deve ser o Diabo que deixa milhares de pessoas desnutridas, outras chegam a  morrer de fome,  em um país com 43% da sua área agricultável, como o Brasil, deve ser o Diabo que pratica a corrupção para que o dinheiro da saúde não chegue aos hospitais como deveria, também é culpa dele que em algumas escolas não forneça merenda, e em outras nem exista um prédio para abrigar as crianças, é dele também, a responsabilidade por  desvios na previdência, deixando aposentados sobreviverem com um salário mínimo, sem dignidade é dele claro, a responsabilidade por todas as falcatruas, roubos e desvios que temos notícia. Mas por mais que doa dizer isso, essas decisões também são frutos do nosso livre arbítrio.

Pensar não dói! Raciocinar não dói! O que realmente dói é o descaso, a leniência, o desinteresse, de alguns, isso dói na alma, na mente.

A mesma força que pode nos impulsionar para frente, pode nos deixar prostados, se somos especiais para Deus, porque devemos ser massa de manobra na mão de  poucos seres “iluminados”. Pensem nisso!


9 comentários:

Yolanda Hollaender disse...

Belo ensaio, amigo Paulo, Cidadão Araçatuba.
A religiosidade é uma necessidade humana, e por essa razão a manipulação da Igreja para ditar preceitos e leis, como verdade única e imutável.
Uma afirmação que sempre combati é a de que já nascemos com o pecado original. Mas, que pecado? Como pode? Que culpa tenho eu, se nem consciência tenho? Penso que as leis de Moisés foram criadas para impor respeito e disciplina. E todas as religiões têm se usado da fragilidade humana para incutir o temor, e não a misericórdia, como deveria ser...
Antes do monoteísmo, como ficaram os que acreditavam em vários deuses?
Aliás, li uma passagem onde diz que todos somos deuses, já que fomos feitos à imagem e semelhança de Deus.
Para mim é a minha consciência que rege minhas atitudes para comigo e com meu próximo.E, assim, acredito que todos os que se acham impunes, enfrentam seus próprios demônios...
O filme "Em Nome da Rosa" é excelente e retrata bem a hipocrisia da Igreja em esconder fatos que poderiam esclarecer e não destruir o "seu" poder sobre os fiéis...
Este teu texto tem um ótimo tema para reflexão, amigo!
Meu abraço,
Yolanda

Cidadão Araçatuba disse...

Sempre espero sua visita e seus comentários, pois sei que você escreve com propriedade, e o que é melhor; sinceramente.
Agradeço sua visita, penso como você também, a religião precisa fazer o homem temer algo, senão ela perderá sua força, e aí...
Grande e fraterno abraço!

Jackie Freitas disse...

Olá Cidadão!
Recebi o seu comentário em meu blog e aviso sobre esse excelente texto e vim aqui conferir!
Está perfeito! Muito alinhado à minha forma de pensar, por isso, ao escrever aquele texto, já me rendi à fogueira...rsrs...
Eu acho muito cômodo passar todas as responsabilidades por nossos atos a algum tipo de crença ou religião. Vontade de Deus... é isso que escutamos de muitas pessoas que já deixaram de pensar, de exercitar esse maravilhoso dom, de questionar...
Eu questiono tudo! Faz parte de minha natureza! Como você bem escreveu, quando deixamos de questionar, ficamos prostrados e não evoluímos e há muitas respostas que não nos foram dadas e nem serão, se não forem investigadas por nós, alimentadas por nosso interesse em querer saber sobre os mistérios que nos cercam...
A fé (volto a afirmar) é algo poderoso que temos dentro de nós! Mas não aquela que é guiada em nome de uma religião ou santo... Fé é a nossa força interior e a crença própria de que podemos dar o passo seguinte, escalar essa rochosa montanha para vislumbrar algo muito maior...e estamos inseridos nessa grandeza... Só não vê quem tem medo ou preguiça de fazer essa escalada!
Grande beijo e parabéns pelo texto!
Jackie

Cidadão Araçatuba disse...

Olá Jackie, que bom que podemos compartilhar idéias e encontrar cabeças pensantes e atuantes nessa nossa tão vazia internet.
Obrigado pela visita, Beijão!

Sissym disse...

Oi! Interessante, outro dia eu comentei no blog de Jackie porque ela escreveu algo semelhante sobre religiao e fé. Até lhe disse que a acompanharia na fogueira, porque ter fé nunca pode ser algo obrigatório e sim um sentido pessoal.

Afff... adorei a frase que vc diz: "a religião que o condena". Eu sei bem disso, por causa da escola onde está minha filha. Também, enquanto recordava do colegio, lembrei que fui numa igreja de crentes e fiquei chocada com a intimidação dos pastores para os fiéis.

A fé precisa ser uma escolha, é o livre arbítrio. Eu tenho certeza absoluta que Deus gosta de mim como eu sou, ele jamais cobraria nada, apenas que eu seja uma pessoa boa e honesta.

Beijos

Vera Alvarenga ... disse...

Olá Paulo!
Houve um tempo em que tinha tanto o que fazer e minha mente tantas perguntas,precisava distrair-me delas,não dava para dedicar-me a "pensar"(pesquisar p/responder).Depois,busquei respostas-budismo, espiritismo, teosofia, hehehe..não adiantou e mal comecei.Criei minha própria "religare"(isto está em mim,não fora,embora coisas externas possam servir de inspiração). Quando medito/faço relaxamento, às vezes consigo me religar com uma sensação tão boa de paz,como se voltasse para algo que conheço, mas não sei o que é, e me dá segurança, por alguns minutinhos.Meus textos trazem questionamentos sobre tudo, então confesso que, nada sei.Em questões religiosas,há necessidade de acreditarmos, pois é mesmo nossa salvação - a fé. Que cada um tenha a sua e possa viver por ela! Que todos pudéssemos nos ver livres dos detalhes que nos aprisionam,seria melhor!
De minha parte,preciso crer num Deus um pouco diferente daquele impessoal a que cheguei quando procurava.Neste Deus, cabem as teorias científicas e muito da Bíblia é apenas simbólico( e também horrível e não compreendo). Contudo, às vezes preciso crer que Êle nos vê, e até colocou em mim,em nós, parte divina de si.Creio em Cristo, no exemplo de fé que nos mostrou( pois se não pudermos crer numa vida espiritual que empreste sentido ao que vivemos aqui..sei não!). Há outros,além de Cristo, que nos ensinam.Aqueles que nada parecem saber e com um gesto simples, num segundo, parece que foram enviados para nos derrubar de nosso pedestal quando pensávamos que sabíamos mais.Penso que há tantas potencialidades aqui e a nostalgia em nós, portanto deve haver algo ainda melhor!
Quero crer que podemos nos ligar ao "nosso mestre interior" ou seja lá como o chamem.Quando preciso muito que Ele me escute( e como queria pedir-lhe e entender seus sinais!),peço ao filho,ou a um anjo,que possa me compreender, preciso sentir que ele não está tão distante(que não somos tão sós!).
Digo a mim mesma:
- Deus, Creio que estás me ouvindo..mas,aí,vem um pensamento que gostaria não ouvir retumbando na mente).. Não será pretensão de minha parte? o que me faz diferente de tantas mães que já choraram pela VIDA de seus filhos?! das que pediram para suas crianças serem poupadas de estupradores e criminosos de diferentes "espécies"?
Querido amigo, então meu coração me diz para crer, do contrário, é morte (e eu acredito numa vida eterna, de algum modo que não sei descrever). Não tenho respostas, só sei de duas coisas:
1- Detesto esta manipulação de "religiosos", pelo medo! (embora, reflitamos, é algo que a sociedade usa também para coibir criminosos,e defender pessoas de bem...). Detesto todo o preconceito e certeza que cada um diz que tem para crucificar o que não pensa igual.
2. A fé em Deus,numa vida espiritual consciente do "bem verdadeiro", é algo que PRECISO TER, pois do contrário, sendo mãe de 3 filhos,tendo netos,a quem eu confiaria aqueles que amo? Me diga meu amigo? O que eu diria para um amigo que tenho, que perdeu o filho?
Bem, falei muito,rs..você disse que podemos comentar sobre coisas importantes que nos afligem,não é?
Mais uma coisa,é com toda fé e sinceridade que digo(mesmo em pensamento) a alguém que amo/gosto: - "Deus te acompanhe"! ou ainda: "Que o anjo da guarda te proteja" ou " O divino que está em você (ou em mim), vai te iluminar"(me ajudar a fazer o que EU preciso fazer)!
Isto aí,amigo.Sou artista. Creio em algo divino, belo e nobre, porque vejo pequenas amostras aqui, mas como é esta coisa...rs.só se nos encontrarmos em outra vida, para falarmos a respeito! Vamos marcar este encontro?com algo bom pra beber,p/petiscar e alguns poucos amigos para o encontro permanecer com o encanto da conversa calma, ao pé do ouvido! Que tal?
Abraço, Vera Alvarenga.

Cidadão Araçatuba disse...

Sissym que bom vê-la aqui! È realmente eu e a Jackie (e mais um montão de gente pensa igual). Fiz o ensino médio em uma escola de padres, e sei bem do que falo acima... rs...
A fé ao meu ver, não é o livre arbítrio, na verdade como disse, ela não se explica, e talvez por isso, seja tão difícil de entendê-la! Deus nos ama como somos, pois ele vive em NÓS!, Não é?
Obrigado pela visita

Cidadão Araçatuba disse...

Adorei Vera, tá combinado, algo para beber e petiscar! Rs...
Agradeço seu comentário sincero. Tenho dúvidas (o texto deixa isso claro!), mas de um tempo para cá gosto menos de religião, pois na TV os canais abertos inundam nossas casas com negócios, você quase que pode comprar um terreno do céu, é só escolher se a esquerda ou direita de Deus, e isso, eu não consigo admitir!
Vamos caminhando amiga, quem sabe um dia conseguiremos decifrar o mistério que é a vida e a fé!
Grande e fraterno abraço!

Samanta disse...

Olá querido amigo !!!

Estou embevecida com seu texto ! Simplesmente maravilhoso ! Muito bem escrito e com todos os questionamentos e colocações muito bem embasados !
Concordo contigo, fica bem fácil depositar todos os nossos erros em alguma religião ou crença, e até mesmo em Deus ou no Diabo... também fica simples se viver sabendo que posso assassinar e depois simplesmente dizer Aceito Jesus e pronto, posso seguir meu caminho feliz que o que causei, apagou-se... lamentável.
Triste também é a discriminação entre as pessoas por causa de religião, mas mais uma vez, a culpa é só nossa.
Eu não discuto estes assuntos, mas não porque esteja acomodada com os conhecimentos que tenho e sim, por causa destas mesmas pessoas, que em sua maioria se tornam intransigentes, bitoladas e agressivas quando tentamos argumentar.
Enfim, prefiro ficar no meu canto e formar minha própria fé, baseada naquilo que acho correto e verdadeiro.

Adorei !!
Um enorme abraço !!

Postar um comentário

Comente, discuta, reflita, sua opinião é muito importante!.

Blogueiros unidos participam e divulgam!

Blogueiros do Brasil
Cia dos Blogueiros

Clique, conheça nossa história.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores diHITT

Seguidores

Leve o Cidadão com você!


Total de visualizações desta página.

Plágio é crime! Quer copiar? Não custa nada pedir, obrigado!

IBSN: Internet Blog Serial Number 21-08-1966-11