Inscreva-se !

Coloque seu e-mail aqui!:

Entregue por:FeedBurner/Cidadão Araçatuba

17 de fev de 2013

O adventista.



Joseph Ratzinger - Papa Bento XVI- Foto retirada da internet, link aqui.

Que me perdoem os puritanistas e os aficionados por religião.

O mundo ficou surpreso com o anúncio da renúncia por parte do Papa Bento XVI  (Joseph Ratzinger) (leia mais clicando sobre o nome do papa)

Comenta-se que a idade avançada (85 anos) e por não ter mais "forças necessárias ao ofício"  declaração atribuída a ele, fez com que o papa renuncia-se. No meio religioso diz-se abdicar (Cânon-Código de direito Canônico-332 §2)  

Desde que me conheço por gente não me lembro de uma renúncia papal. Sou do tempo de (Paulo VI -06/1963 a 09/1978), muito embora tenha nascido em 1966, na minha infância pude acompanhar uma parte do seu pontificado. Naquele tempo eu tinha medo do inferno e acreditava no Céu! 
 
Para se ter uma ideia, pesquisei e descobri que o último Papa que renunciou foi Gregório XII (1406-1414).

Sempre fui um inconformado com a eleição de Ratzinger. Jornalistas especializados já diziam que ele representava a  extrema direita da Igreja, ou seja, a ala mais conservadora.

No poder, a ala mais conservadora da Igreja estava "livre" para exercer seu poder e dessa forma, temas como o homossexualismo, aborto, estudo de células tronco (possibilidade de clonagem) poderiam ser difundidos como pecado, "coisa errada"' e que os bons católicos praticantes jamais poderiam aceitar. Entre esses, há aqueles que pensam, ainda bem!

Como nada pode ser assim a ferro e fogo, a igreja (que é um ser político) soube disseminar suas “verdades” de maneira um pouco menos ortodoxa. Principalmente porque a imprensa alardeou, esse veio mais ortodoxo do papado de Ratzinger. De vez em quando com temas polêmicos batendo a porta da igreja (leia-se: Vaticano) eles mostravam a que vieram.

Afinal eles possuem a chave do Céu e do Inferno.São mudanças sútis, idéias apregoadas tantas vezes nas missas e reuniões que marteladas inúmeras vezes entram na cabeça das pessoas como situação normal. Pessoas que já passaram por isso tendem a acreditar que ciência e comportamentos diferentes das pessoas são realmente coisas co demônio.

Isso ao meu ver -e algumas pesquisas nacionais muito sérias inclusive a do IBGE em 2010 mostram isso- fez com que a igreja católica sofresse uma baixa no seu "rebanho" para outras religiões  ou seitas. 

Imagem retirada da internet, link aqui.
 A religião tem que ser dinâmica e ligada nas aspirações e pretensões dos fiéis, afinal o que é a igreja senão aqueles que a frequentam.

A perda de fiéis em grande parte ocorreu pelo "engessamento" da igreja católica que demorou para mudar, aliás, com ela tudo é muito lento. Algum tempo atrás ela começou o tal movimento carismático (EUA-1960), que permitiu aos fiéis um pouco mais de liberdade nos cultos e na forma de interagir com a mesma.. 

Padres (show-man) surgiram, emplacaram sucessos, venderam milhões de discos e os dois mais conhecidos (Marcelo Rossi e Fábio de Melo) assinaram com uma grande gravadora nacional. Nada demais. Afinal os evangélicos já haviam descoberto esse filão há muitos anos.

A Globo News até mostrou Fábio de Melo no desfile da Beija-Flor (que homenageava o estado dele Minas Gerais. A escola de samba apresentou esse ano o enredo "Amigo Fiel, do cavalo do amanhecer ao Mangalarga Marchador"). Problema por ele estar no desfila? Nenhum. Aliás, ponto para ele!

Falei de um lado, obrigatoriamente devo falar do outro. Alguns expoentes da música evangélica/gospel: Aline Barros, Ana Paula Valadão, Banda Kadoshi, Mara Maravilha (aquela dos programas infantis).

Voltando a renúncia, acredito que a igreja católica só tem a ganhar com essa renúncia. Ela deve se aproximar dos fiéis, com medidas efetivas que tragam no seu bojo a união dos seres humanos. A ajuda humanitária efetiva deve ser o foco principal. A igreja é rica. O povo na sua maioria não! Rezar faz bem. Falta de comida, água, doenças matam! 

Só a ignorância mata mais! 

Temas como a opção sexual, aborto, clonagem por exemplo, não diz respeito a igreja, mesmo que ela apresente como argumento principal a bíblia sagrada. Se existe o livre arbítrio e seremos julgado por exercê-lo não podemos merecer dois juízes, ou seja, um terreno e outro divino. 

A inteligência humana pode ser perversa, mas também criou e vem criando coisas maravilhosas, salvou e vem salvando vidas. Somos a imagem e semelhança de Deus. Por isso, não creio em um Deus vingativo, rancoroso e muito menos que ele tenha substabelecido
uma procuração a outrem para cuidar de mim.

Você que chegou aqui pelo título ou que já leu o texto chegou a se perguntar o porque da escolha do título?  Convido-o a ouvir a música abaixo e acomanhar a letra, isso deve explicar algo.




O Adventista

Eu acredito no bem e no mal
Eu acredito no imposto predial
Eu acredito, eu acredito
Eu acredito nos livros da estante
Eu acredito em Flavio Cavalcante
Eu acredito, eu acredito
Nao vai mais haver amor
Neste mundo nunca mais

Eu acredito no seu ponto de vista
Eu acredito no partido trabalhista
Eu acredito, eu acredito
Eu acredito em toda essa cascata
Eu acredito no beijo do Papa
Eu acredito, eu acredito
Nao vai mais haver amor
Neste mundo nunca mais
Eu acredito em quem anda com fé
Eu acredito em Xuxa e em Pelé
Eu acredito, eu acredito

Eu acredito na escada pro sucesso
Eu acredito em ordem e progresso
Eu acredito, eu acredito
Nao vai mais haver amor
Neste mundo nunca mais

Eu acredito que o amor atrai
Eu acredito em mamãe e em papai
Eu acredito, eu acredito
Eu acredito no Cristo que padece
Eu acredito no INPS
Eu acredito, eu acredito
Nao vai mais haver amor
Neste mundo nunca mais

Eu acredito no milagre que não vem
Eu acredito nos homens do bem
Eu acredito, eu acredito
Eu acredito nas boas intenções
Mas esse papo já encheu os meus botões
Eu não acredito
Eu não acredito
Nao vai mais haver amor
Neste mundo nunca mais





4 comentários:

Rita de Cássia Zuim Lavoyer disse...

Texto pra mais de anos de discussão.

Lembrei-me do frei Leonardo Boff, com a sua Teologia da Libertação. Foi excomungado pelo Joseph Ratzinger, o PAPA, porque teve coragem de dizer as suas ideias, que eram diferentes da cúpula da igreja.

Eu não queria estar na pele do Galileu. Se Galileu, Boff, que não tomaram cicuta, mas também não abriram mão de suas convicções, curvando-se à igreja, sofreram algum tipo de represália, façamos ideia os ‘bruxos” que foram queimados na fogueira. Cruzadas e cruzadas em nome da fé. Da fé?

A igreja seguiu as palavras do Cristo: “ Amai o seu próximo como a si” quando fechou os olhos para o holocausto?

No momento que li a notícia da renúncia do Papa, que merece respeito, até que provem o contrários todos somos inocentes, a primeira hipótese me que veio foi o fato de documentos secretos do Vaticano terem sido “ tomado emprestado” por um “funcionário da corte”.

Pecadora que sou, já levantei um falso testemunho daquele tamanho: Isso vai feder!

Pensei logo que o Papa estava fugindo do problema que teria que resolver se folhas daqueles documentos voassem mundo afora. Ponderei, me redimi, ajoelhei e rezei dizendo: “Deus, perdoa-me eu não sei o que penso...pecadora só eu”

Em um determinado período da nossa História, um determinado grupo religioso dizia que um determinado grupo político comia criancinhas.
Pedofilia dentro da igreja é o que???

Já que o assunto é extenso, e séculos e séculos por vir, queimar verbo pra quê?

Certo mesmo foi o Ronaldinho, que tomou da água do Rogério Ceni e marcou um golaço !

Malandro é malandro, Mané é mané...

Viva o Papa, que é pop, o Papa não faz mal a ninguém... Hã??? Isso é plágio!

Esse vai ficar para a História! Pensou que fosse fácil ser Deus!?

Também tem a hipótese: “Ou renuncia ou te mato! “

Cruzes !!!

Isso vai longe!

Vamos deixar o homem em paz! Agora ele é um de nós.

Vai continuar tudo igual, vou ter que me levantar cedo, lavar , cuidar da parte que me cabe e somar os boletos para serem pagos no banco...

Então... nem por isso renuncio! Sou ruim ou não sou?

Deus é a razão do meu viver!

Marisa Mattos disse...

Ah...sei não...Papa é gente igual a mim e você...certamente tem sujeira por trás desta renúncia...o futuro nos dirá....

Cidadão Araçatuba disse...

Rita que mea-culpa heim! rs...
O papa já foi pop, que o diga (se estivesse vivo) João Paulo II.
Pecador também sou, aliás quem não é ?
Nascenos já carregamos o jugo do pecado original.
Todos temos defeitos e sendo assim não considero o Papa melhor ou pior do que ninguém. Quanto aos mártires da teoria da libertação e são expoentes que devemos seguir em todos os campos da nossa vida.
Fora isso, também vou continuar levantando às 5:20h penteando os poucos cabelos que ainda insistem em ficar na minha cabeça, cortando as unhas e assistindo tv. Tv de qualidade! kkk Abração e obrigado pela visita.

Cidadão Araçatuba disse...

Olá Marisa a quanto tempo heim!
Com certeza o futuro dirá (se não sumir nenhum papel lá na praça de São Pedro né.
Obrigado pela visita e abração!

Postar um comentário

Comente, discuta, reflita, sua opinião é muito importante!.

Blogueiros unidos participam e divulgam!

Blogueiros do Brasil
Cia dos Blogueiros

Clique, conheça nossa história.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores diHITT

Seguidores

Leve o Cidadão com você!


Total de visualizações desta página.

Plágio é crime! Quer copiar? Não custa nada pedir, obrigado!

IBSN: Internet Blog Serial Number 21-08-1966-11