Inscreva-se !

Coloque seu e-mail aqui!:

Entregue por:FeedBurner/Cidadão Araçatuba

13 de fev de 2011

Amigos virtuais. Tê-los ou não tê-los? Mas o que fazer sem eles?

Imagem da internet.
Amigos Virtuais



A internet tem suas vantagens, não serve apenas para diversão, em alguns casos até informa,  dependendo é claro do conteúdo que você procura. 


É uma revolução na comunicação global e isso ninguém discute, têm revolucionado conceitos, acrescentando conhecimento, alguns inúteis devo dizer, mas acredito que na maioria das vezes encontramos aquilo que procuramos, logo ...


As redes sociais estão aí, tornaram-se uma febre mundial, hoje, a grande maioria da população tem uma série de ferramentas para se comunicar, (msn, eBuddy, skype) fazer amizades, (orkut, twitter, facebook) trocar informações, enfim, realizar virtualmente aquilo que a alguns anos atrás só era possível fisicamente. 


Alguns até exageram, criando verdadeiros "avatares" (para nós o significado de avatar seria uma representação virtual da pessoa real, no link o exato significado do termo!), existindo, comunicando, vivendo, para o mundo apenas virtualmente, sendo totalmente insociável na "vida real".


Sempre fui uma pessoa extrovertida, falante, daqueles que as professoras (es) do primário punham para ler o jogral, apresentar peças teatrais e jurar a bandeira, e sempre davam broncas, pois conversava muito!


Cresci assim, curti minha infância, da qual me recordo com muita alegria, fui criança mesmo, até onde puder ser!


Começei a adolescência, trazendo muito dessa infância feliz, sofri para burro, pois nessa idade já existem "armadilhas" que os menos preparados sempre caem, e sofrem! 


Imagina um adolescente com os hormônios á flor da pele, achando que tudo é fácil, sem muitas responsabilidades e ainda lidando com um mundo onde nem sempre as pessoas estão a fim de "brincar". Responsabilidades, obrigações, cobranças!


Mas a gente cresce, com esse desenvolvimento nos relacionamos, de onde surgem as decepções, as pessoas falsas, as falsas amizades (são coisas parecidas, mas muito diferentes na prática!) depois de muitas cabeçadas e aprendizado a gente aprende a usar o famoso mecanismo de defesa, ficando sempre em alerta, sempre tentando ver o “outro lado”, a outra intenção, das pessoas que se aproximam de nós, para tentar prever suas ações e minimizar o impacto em nossas vidas! 

Vem a racionalização, os julgamentos às vezes precipitados, os erros, os acertos, e como tem que ser, continuamos aprendendo. Todo mundo com certeza já passou por isso na vida, até porque ninguém nasce adulto.


Até algum tempo atrás “amigos virtuais” eram uma  possibilidade distante, via isso com uma certa reserva, não acreditava mesmo, se pessoalmente nutrimos certas decepções imagina vituralmente, pensava!


Com a minha inserção nessa grande  torre de babel que é a internet, após algum tempo, algumas decepções e alegrias, constatei que isso seria possível, que podemos fazer grandes amizades e nos relacionarmos com pessoas legais, sinceras que tem muito a dizer e a nos ensinar. Foi uma grande e feliz surpresa!


Devemos ao meu ver seguir uma regrinha de ouro:


-Verificar a compatibilidade, a coerência entre o que as pessoas escrevem e como se relacionam, porque uma coisa é passar uma idéia sobre a personalidade, a outra e "ser", é acontecer quando se relaciona com o outro.


Tenho visto pessoas escreverem uma coisa nos textos e ao se relacionarem, parecem outra pessoa! 


Existindo uma diferença entre o que a pessoa escreve e o que ela é, ao meu ver denota uma personalidade complicada, devemos assim ter certas restrições, mas considero que ainda assim podemos aprender com isso, afinal qual de nós pode atirar a primeira pedra, julgar alguém! Somos todos falíveis, não é?


Apesar disso, tenho conhecido pessoas no meio virtual, que digo sem medo de errar, valeu muito a pena só não vou nomear as novas amizades que me fizeram mudar de opinião e deixaram o meu dia mais feliz, pois são muitas, e seria uma baita indelicadeza!

Apesar disso, aprendi e deixarei aqui essa observação; ainda prefiro o aperto de mão, um abraço, a conversa "olho no olho", o convívio diário, mas quem sabe a gente depois de agradáveis e infinitos "papos virtuais" por uma dessas felicidades e coincidências da vida, a gente não se "topa" e agora então, frente a frente se apresente e diga:


-Oi eu sou o Paulo - Cidadão Araçatuba, quem é você?


-Nossa! Prazer imenso em conhecê-lo (a) agora, e pessoalmente!


"O Encanto da vida depende das boas amizades que cultivamos." - Malba Tahan.




Biografia de Malba Tahan.
Ao criar seu pseudônimo, Júlio César criou também um personagem: Malba Tahan. Este escritor, cujo nome completo seria Ali Yezid Izz-Eddin Ibn Salim Hank Malba Tahan, teria nascido na aldeia de Muzalit, próximo a Meca, a 6 de maio de 1885. Teria feito seus estudos no Cairo (Egito) e Istambul (Turquia). Após a morte de seu pai, teria recebido vultosa herança e viajado pela China, Japão, Rússia e Índia, onde teria observado e aprendido os costumes e lendas desses povos. Teria estado, por um tempo, vivendo no Brasil. Teria morrido em batalha em 1921 na Arábia Central, lutando pela liberdade de uma minoria local.Seus livros teriam sido escritos originalmente em árabe e traduzidos para o português pelo também fictício Professor Breno Alencar Bianco.


E quando não tinha internet? A minha geração conheceu a vida  mais ou menos assim!



13 comentários:

Yolanda Hollaender disse...

Amigo Paulo, Cidadão Araçatuba, gostei da forma como expôs o sentido da amizade virtual - podem ou não ser verdadeiras e sinceras. Mas, acontece o mesmo na vida real, como você bem explanou.
O que percebo é que muitos passam mais tempo que deveriam no mundo virtual e acabam deixando de lado a vida própria, a família, os amigos... Talvez porque o "avatar" seja a forma de massagear o próprio ego - ao menos é o que observo nas redes sociais e inúmeros recursos de contato, via computador.
Eu, particularmente, não consigo acompanhar "a carruagem", pois teria que passar as 16, das 24 horas disponíveis, conectada à rede...
Quanto ao vídeo, sou dessa época e te digo, amigo, que saudade!!
Aproveito para agradecer seus comentários lá no meu singelo espaço.
Meu afetuoso abraço,
Yolanda

Atena disse...

A Prefeitura fotografada acima, nunca funcionou? Sim, porque não diz reiniciar. Se vai iniciar é pela primeira vez...rsrs
Eu sou Cão no horóscopo chinês e como tal fiel até à morte, mas também difícil de considerar como amigo alguém que não conheço. Conhecer mesmo, seja ao vivo ou virtualmente. Logo que comecei o blog me senti meio constrangida com as manifestações efusivas de amizade, mas agora estou mais acostumada e até achando mais normal. rsrs
Agora, que tenho verdadeira simpatia por algumas pessoas, isso é verdade. Você é uma delas. Cativou-me a integridade que percebo nas entrelinhas...
Ah, tem uma pergunta procê lá no Expansão. Fiquei curiosa. rsrs
abração

Cidadão disse...

Yolanda, assim como você também não consigo acompanhar essa carruagem moderna chamda internet, mas a parte boa é que posso compartilhar minhas idéias com pessoas inteligentes e sensíveis como você!
Obrigado pela visita, grande e fraterno abraço!

PS: Pesquisou sobre o filme?

Cidadão disse...

Atena um dia funcionou, há dois anos permanece assim, inerte (se tiver curiosidade leia "Meditar é preciso" post anterior a esse! Ouço falar, vejo o que escrevem,quando parece que vai,nada acontece!
Aliás "nada acontece" é um bordão de um vereador local também rs... Tô indo lá!
Abração!

♥ Lucy Sem Fronteiras ♥ disse...

Olá querido 'Cidadão' :)

Hoje vim prestigiar seu espaço, e bem dizer em primeiro lugar, que lá no blog da Atena, dei risada com a história da vaca com chifre rsrsrs, e depois vi o link que você deixou, e não é que existe mesmo??!!!! haha

Mas voltando aqui, sobre amizade, bem você foi muito 'feliz' em seu texto. E compartilho contigo um pouco do que já passei por aqui:

- já tive sim muitas decepções, porém, já tive (e tenho) muitas alegrias. Conheci pessoas especiais de mais hoje em minha vida, por este meio, a net e que vim inclusive a conhecer pessoalmente depois tb, e temos amizade fortalecida até hj. Eu acredito nisso sabe, por isso tb o 'sem fronteiras', pois acredito que virtual na verdade, é apenas o modo como temos de nos comunicarmos pois tanto vc, eu e todos que aqui estamos, somos muito reais e não virtuais. Temos sentimentos, pensamentos, emoções etc.

E sim, há quem viva exlucisamente para a vida na internet, e não consiga relacionar-se nem consigo próprio diante do espelho, quando desliga o pc. É fato. Mas tal como a Yolanda disse acima, amigos verdadeiros ou não, podemos encontrar na net ou não tb.

Hoje sou mais cuidadosa sim, eu diria, porém fico imensamente feliz quando vejo gente nova chegando ao blog, e normalmente acontece, pq viram um comentario em um outro blog, ou vieram por causa de um artigo. Então quando é assim, normalmente é gente boa que esta vindo ;)

E no meu caso, como acredito tb ser o seu, eu sou o que sou. Não fico mostrando minhas fotos porque acho que o mais importante é a informação que passo e não a 'forma' que está por traz dela.

São incontáveis os casos de pessoas que se mostram 'uma' no dia a dia pessoal, e outra totalmente diferente na internet. Muitos inclusive por uma falsa ilusão de que a internet e terra sem dono, agem anonimamente, falam o que querem, etc, mas não é verdade. Hoje temos como identificar qualquer pessoa, por trás de um IP.

Mas enfim, hoje ao menos, estou em uma nova 'maré' rsrs. E é justamente a de que semelhantes atraem semelhantes. Portanto, estou feliz com as pessoas que tem chegado até mim.
E as recebo muito bem sim, pois sei que por traz de um comentário, está um ser humano ali, e ele(a) não é alguém virtual, e sim, real;)

Beijos em seu coração direto do meu querido 'Cidadão' ;)

ps: olha, motivada pela foto acima (prefeitura rsrs), vou falar: estive em sua cidade em dezembro, para um curso, e nossa, fiquei digamos 'indignada' com o estado da rodoviária nossa, sem comentários. Vai lá Cidadão, dá um apertão neles rsrsrs

Cidadão disse...

Lucy prazer imenso em tê-la por aqui!
Rs... A história da vaca foi demais RS ... Já tinha dado muitas risadas com o post da Atena, ai resolvi comentar da vaca e você viu no que deu? Rs...
Tá lá no youtube (do cidadão) inclusive um lote inteiro e muitas vacas com chifre, acho que o vídeo se chama enquanto isso no rodeio. Coisa de se passar em Cannes!
Você tem razão quando diz dos cuidados sobre as amizades, mas veja; tenho visitado espaços muito bons e com isso tenho conhecido pessoas do bem, isso é muito legal não é?
A Yolanda e a Atena são “figuraças”, considero-as muito, a forma como escrevem, pensam, parecem grandes colegas da época de escola, isso, sem nem mesmo conhecê-las pessoalmente!
A idéia de "terra sem dono" caiu há muito tempo, mas o maior prejudicado acredito, é a própria pessoa que se “mascara”, pois não conseguirá encontrar seu lugar, nem no mundo real, nem no mundo virtual
Você sabe que a prefeitura está em cima da rodoviária né? Rs... Portanto...
Legal, aguardo outras visitas suas, to lá no seu blog te seguindo, de vez enquanto você me verá lá!
Tenha uma ótima semana!
Abraço!

Vera Alvarenga ... disse...

Olá cidadão!
Não fique aborrecido,mas vim aqui...por causa da história da vaca! rs.....lá no blog da Atena!Mas não foi só isto,claro!! Tem que reconhecer que aqueles comentários e toda aquela prosa animada causou curiosidade. Pior é que, pensando bem, eu já nem sei se nunca tinha me dado conta se vaca tem chifres, ou se eu é que sou muito distraída.
Gostei muito de seu tema aqui. No começo estranhei muito o modo como as pessoas se tratavam,achava exagero, não compreendia..depois me acostumei. Hoje, tenho algumas pessoas que gostaria muito de receber em casa,no meu quintal pra tomar um cafezinho e bater um papo, e outras que gostaria de abraçar, convidar pro meu aniversário, pagar a viagem ou poder hospedar...
Encontrei aqui uma frase que gostaria de levar lá para o blog da Atena..vou levar,posso? É sôbre nossa memória- é um presente pra nós duas! kkk...
Morei em Birigui por um ano(gostei muito) e meu filho e norinha(e netos) moraram aí em Araçatuba. Outro dia volto no seu blog, para ver como as coisas estão.
Abraço. Vera.

Atena disse...

Acho que vou cobrar comissão por estar indiretamente enviando pessoas ao seu blog. rsrsrs
Tá ficando famoso hein? ha ha ha
Hoje eu me incomodei com a pérfida Justiça deste país e resolvi me vingar tirando sarro. rsrs
Não liga, não... é só brincadeirinha.
abraços

vidarealdasam disse...

Olá !!!

Gostei muito da postagem e da maneira como colocou as situações que a maioria de nós passa na Vida, enfrentando certos percalços que acabam por nos deixar desconfiados seja no mundo virtual ou fora dele.
Mas acredito e tenho provas de que assim como na Vida, o mundo virtual também é cheio de alegrias, minha melhor amiga, meu marido e alguns novos amigos , como a Jackie, Deny, conheci na Net e hoje somos amigas fora do Pc, e isso é uma grande felicidade em minha Vida !
Concordo contigo sobre os cuidados que devemos ter, porque em toda parte, seja na Internet ou fora dela, existem pessoas desequilibradas, perigosas, falsas, mas aí, cabe a nós saber separar o que é bom :)
É lógico que é imprescindível saber dosar o uso desta ferramenta, muitas pessoas só se relacionam neste meio, e isso não é nada saudável !
Para mim é só alegria, pois sou um pouco tímida, e esta interação toda está me ajudando a ser mais espontânea e também a me expressar melhor !
Um grande abraço !

amorepazsemfronteiras disse...

Olá meu querido, muito obrigada pela acolhida!!!

Agora, tenho de fazer stop para rir de novo kkkkk

A história das vacas rendeu muito viu, rsrsrs
E agora ainda vendo a Atena cobrando comissão, ai meus sais ahahaha.

Mas que bom isso meu querido 'Cidadão', para você ver, que muitas amizades começam assim sabia? De um comentário cá, outro lá, e assim vamos identificando afinidades, conhecendo novas pessoas, conhecendo novos e interessantes bogs inclusive, e isso independente de qualquer 'aparente' diferença entre nós. Pois sim, somos diferentes mas não somos desiguais;)

E nisso quando percebemos, o espaço dos comentários, torna-se nossa 'sala de visitas', onde recebemos os amigos e compartilhamos daquilo que temos pra dar.
E todo mundo sempre tem o que compartilhar;)

Quanto a rodoviária, rsrs aiii acho bom mesmo, pq fiquei decepcionada nossa, com uma cidade do tamanho da sua, poxa, eles tem de investir nossa.
Mas é isso aí, vc está fazendo a sua parte e é isso que importa.
No mais, já me sinto muito a vontade aqui em tua 'casa' tb, tal como desejo mesmo que sinta-se sempre a vontade lá em Amor e Paz tb.
E vamos crescendo a medida em que compartilhamos, trocamos, pois afinal ninguém cresce sozinho tb.

Deixo um super abraço a ti meu querido, e a todos aqui.
Outro grande pra ti Atena querida rsrsrs
(deixa eu fazer um jabá para ela tb hahahah)

Lucy;)

Cidadão disse...

RS... Lucy liguei o computador agora 8:30hs e já começei meu dia bem, rindo!
Apesar do ambiente sizudo onde trabalho!
Fico feliz que tenha se sentido bem em nossa casa, isso retrata um pouco da empatia que sentimos ao conhecer o outro um pouco mais pelo que escreve, e logo, pelo que pensa!
Você viu? Tenho que comissioná-la! Rs...
Quanto a rodoviária ... Jesus!
Adoro minha cidade, sou nascido e criado aqui, mas vou te dizer não sei o que acontece elegem cada m.... para governar a cidade, não dá para entender, e o problema não é dinheiro não viu! Temos e muito!
Mas movido pelos comentários e por estar cheio das vãs promessas e discursos estou aos poucos tentando causar indignação na parte pensante da cidade, tudo visando a sua melhoria, não serviria para ser político, sabe porque? Não consigo esconder o que penso e isso na política é SUI-CI-DIO! RS..
Grande Abraço, mais uma vez estou feliz pela sua presença aqui, mando o cheque para a Atena hoje! RS...

Tia Bláblá disse...

Olá meu querido amigo, hoje vim visitar-lhe, adoro seus posts, mais o da infância ficou demais...rsrs...minha infância foi nos anos 80 e me identifiquei demais com tudo que vc postou, muito legal mesmo...parabéns. Um grande abraço, ótimo fds.

manoel disse...

Ola cidadão de Araçatuba! Sabe, tenho percebido que o mundo virtual é tão igual quanto ao real que a gente vive. Acontecem brigas, discussões, mágoas, alegrias, risos, frustrações. Rapaz depois do vídeo eu fiquei pensando como consegui chagar até aqui. Tudo aquilo eu fazia e ainda não foi mencionado que quando chovia era uma festa brincar nas poças de águas e ficar enlameados e, incrível, a gente não adoecia!

Postar um comentário

Comente, discuta, reflita, sua opinião é muito importante!.

Blogueiros unidos participam e divulgam!

Blogueiros do Brasil
Cia dos Blogueiros

Clique, conheça nossa história.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores diHITT

Seguidores

Leve o Cidadão com você!


Total de visualizações desta página.

Plágio é crime! Quer copiar? Não custa nada pedir, obrigado!

IBSN: Internet Blog Serial Number 21-08-1966-11